Tags do dia:
Horóscopo
Mín: º Mín: º
Animais

Saiba quais os cuidados com a alimentação do seu pet

Publicado
(pixabay)

Um das maiores dificuldades de quando se tem um animal de estimação dentro de casa é no momento da refeição, o bonitinho fica olhando com aquela cara de dó esperando você dar ou até mesmo cair um pedacinho no chão, mas o que muita gente não sabe, é que alguns alimentos são altamente tóxicos para os animais.

 De acordo com a Veterinária Flávia Cavagnolli, alimentos muito gordurosos, cebola, alho, uva devem ser evitados, pois causam intoxicação no animal. Um grande vilão na vida de um animal pode ser considerado o chocolate, por possuir uma enzima que o cachorro não consegue metabolizar, gerando grandes complicações.

Muitas vezes a intoxicação não é imediata, mas sim em longo prazo. Os sintomas mais comuns são: Diarréia, vômito e em casos mais graves, hemorragia intestinal. Em caso de qualquer sintoma, levar o quanto antes para uma clínica veterinária e informar sobre a alimentação.

Para não correr esse risco e dar ao seu pet uma vida mais saudável, o mais indicado é oferecer a ele a ração. “Ela possuí todos os nutrientes, proteínas, carboidratos, fibras, gorduras e vitaminas que eles precisam e com uma dosagem balanceada” afirma Flávia. Alguns animais possuem sensibilidade ou até alergia alimentar, nesses casos existem rações hipoalergênica ou dietas caseiras, prescritas por veterinários. É importante, também, escolher uma ração de boa qualidade, sempre dar preferência às rações que não possuem corantes, pois podem causar alergias. Comida não equilibrada pode fazer com que os animais tenham problema de sobrepeso ou até mesmo pouco ganho de peso, queda de pêlo, doenças como diabetes, colesterol alto entre outras.

Para completar além da alimentação, o exercício físico é um grande aliado para ter uma vida mais saudável. “Sendo assim, manter uma ração de boa qualidade, na dosagem indicada para a idade e o peso do animal, aliada a exercícios diários ira garantir uma melhor qualidade de vida ao seu animalzinho”, finaliza Flávia.

O que evitar:

CHOCOLATE: Contém termobina, se ingerido de 100 a 150 mg por quilograma do peso corporal, pode causar  taquicardia, hipertensão, crises convulsivas e morte.

UVAS E PASSAS: Podem causar insuficiência renal aguda.

CEBOLA: Contém tiosulfato, podem desenvolver anemia.

SAL: pode causar vômito, diarréia, depressão.

TOMATE: contém solanina, que pode ser fatal para o bichano.

CAFÉ E CHÁS: Contém xantinas que podem causar danos ao sistema nervoso e sistema urinário.

BEBIDAS ALCOÓLICAS: Podem induzir a Respiração lenta, Ataque cardíaco e morte.

  • Imprimir
Comente
Comentários

Seja o primeiro a comentar.